Nome: Carolina Markowicz
Cargo: Diretora-roteirista
Edição: 2019
Cidade: Sao Paulo
Estado: Sao Paulo

Carolina Markowicz escreveu e dirigiu 6 curtas-metragens exibidos em mais de 300 festivais como Cannes, Locarno, Toronto, SXSW, AFI e vencedores de mais de 100 prêmios.

Seu mais recente filme, O Órfão, é um dos curtas-metragens mais premiados do mundo do ano de 2018. Estreou em Cannes, na Quinzena dos Realizadores e venceu a Queer Palm, sendo o primeiro filme brasileiro da história a conquistar esse prêmio.

Outro destaque em sua carreira é “Edifício Tatuapé Mahal, que estreou no TIFF – Festival Internacional de Toronto, onde Carolina foi apontada pelo curador Shane Smith como uma das “5 filmmakers to watch”. O curta  foi um dos mais premiados em 2014 com mais de 15 prêmios de melhor filme e roteiro, além de ter sido exibido em mais de 200 Festivais pelo mundo. Atualmente online, está entre os “best of the year” pelo Vimeo Staff Picks.

Carolina foi uma dos 10 jovens cineastas internacionais convidados para o TIFF Talent Lab 2015, com os mentores Wim Wenders e Jim Stark. Também foi selecionada para o Berlianale Talents 2018 e para a Filmmakers Academy – Locarno 2018 e recentemente foi apontada pela Indiewire como sendo uma dos “Most exciting new filmmakers” da atualidade.

Foi convidada a fazer parte da SEE Factory, onde codirigiu e co-escreveu o curta-metragem “SPIT”,  exibido na abertura da Quinzena dos Realizadores em Cannes 2019.

Atualmente desenvolve seus projetos de longa-metragem: “Pedágio”, que recebeu o prêmio de desenvolvimento Tribeca All Access e “Quando Minha Vida Era A Minha Vida”, contemplado pelo fundo IBERMEDIA de desenvolvimento e selecionado para o Australab/3 Puertos e CINEMART – Rotterdam.

Carolina participa do TFL Extended Creative Production e do 12° TFL Meeting Event, em Turim, na Itália, com apoio da Bolsa Paradiso.