Ikusmira Berriak

A residência Ikusmira Berriak, em San Sebastián, na Espanha, está com inscrições abertas até 1 de setembro. Voltada para cineastas que querem desenvolver um projeto de longa-metragem, a residência contará com uma Bolsa Paradiso para um projeto brasileiro de ficção selecionado.

Organizada pela Elías Querejeta Zine Eskola e pelo projeto cultural Tabakalera, a residência espanhola ocorre em duas etapas. A primeira, com duração de seis semanas, reúne os diretores dos cinco projetos selecionados em San Sebastián, onde os residentes desenvolvem seus projetos e recebem mentorias de um comitê de especialistas. Durante o Festival de San Sebastián, os profissionais voltam à cidade por mais duas semanas para avançar no desenvolvimento de seus projetos e se preparar para sessões de pitching durante o evento.

A organização da residência cobre os custos de viagem, hospedagem, alimentação e seguros dos selecionados, além de oferecer 5 mil euros para desenvolvimento do projeto entre as duas etapas. O Projeto Paradiso oferece ainda US$ 1 mil a serem usados na obra e o profissional também passa a integrar a Rede Paradiso de Talentos. Confira o regulamento da Bolsa Paradiso a seguir:

A Ikusmira Berriak é inteiramente responsável pela seleção. Na última edição, um dos diretores selecionados foi o brasileiro João Paulo Miranda Maria.

Em 2021, realizamos um bate-papo exclusivo para tirar dúvidas sobre a residência com Michael Wahrmann, cineasta selecionado em 2019, e Maialen Franco, diretora da residência, com mediação de Josephine Bougois, diretora executiva do Projeto Paradiso. Nesse papo, disponível na íntegra no Canal Paradiso, eles tiraram algumas dúvidas sobre o processo seletivo para a residência e a Bolsa Paradiso.