Nome: Juliana Colares
Área de Atuação: Roteiro
Programa: Bolsas e Prêmios
Edição: 2021
Cidade: Rio de Janeiro
Estado: RJ
E-mail: [email protected]
Cidade de origem: Recife (PE)

Juliana Colares é recifense e mora no Rio de Janeiro há seis anos. É roteirista de ficção e documental, com bagagem de 10 anos de experiência jornalística nas áreas de política, polícia, justiça, saúde, educação, urbanismo e direitos humanos. Recebeu dois dos mais reconhecidos prêmios do jornalismo brasileiro, o Esso e o Embratel. Assina o roteiro do longa documental "Por Onde Anda Makunaíma?", eleito Melhor Filme no Festival de Brasília 2020 e selecionado para o Festival Internacional de Cinema de Havana. É criadora da série de ficção de drama sombrio Mangue Sujo, com a qual foi selecionada para o 19º Curso de Desarrollo de Proyectos Audiovisuales Iberoamericanos, uma residência de seis semanas em Madri. Também com Mangue Sujo, conquistou o 3º lugar no concurso de roteiros do Frapa 2020 e o 2º melhor pitching do júri oficial do ROTA, em 2019.

Juliana recebeu em 2021 uma Bolsa Paradiso para desenvolver o projeto de série "Mangue Sujo" na 19ª edição do Curso de Desenvolvimento de Projetos Audiovisuais Ibero-americanos, residência espanhola do Programa Ibermedia.