Nome: Índigo
Cargo:
Roteirista
Nome do projeto: Um Pinguim Tupiniquim
Programa: Incubadora Paradiso
Edição: 2019
Cidade: Campinas
Estado: São Paulo

Índigo é o pseudônimo de Ana Cristina Ayer de Oliveira. Escritora com mais de 20 livros para crianças e adolescentes, a campinense Índigo começou sua aventura nos roteiros em 2013, na oficina do roteirista Marcelo Starobinas. Para o exercício inicial, escolheu transformar “Um Pinguim Tupiniquim” em filme. Com a Coala Filmes, inscreveu o projeto em um edital de telefilmes e seguiu com o desenvolvimento, tendo Cesar Cabral e João Tenório na codireção. “Um Pinguim Tupiniquim” recebeu prêmio da Spcine e do Fundo Setorial.

Em 2018, a autora entrou para a Incubadora Paradiso, após passar pelo Encontro de Negócios do Mercado de Ideias Audiovisuais/ 42ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo. Seu livro “Cobras em Compota” recebeu o prêmio Literatura para Todos, do Ministério da Educação; e “A Maldição da Moleira” foi finalista do Jabuti.