Nome: Clara Ferrer
Área de Atuação: Roteiro
Programa: Brasil no Mundo
Edição: 2021
Cidade: Rio de Janeiro
Estado: RJ
E-mail: [email protected]
Cidade de origem: Rio de Janeiro (RJ)

Diretora e roteirista formada em Cinema pela Universidade Federal Fluminense, realizou os curta-metragens "Seria melhor se você tivesse morrido" (2016 - disponível nas plataformas Nvivo TV e Canal Curto) e "A casa de Ana" (2017 - premiado no 51º Festival de Brasília e licenciado para o Canal Brasil e a plataforma Cardume). Coroteirizou também o curta "A mulher que eu era" (Karen Suzane, 2018 - exibido e premiado em diversos festivais e disponível na plataforma Cardume). Em 2016, sua coletânea de contos "Amores Monstruosos" foi contemplada com Menção Honrosa pelo I Prêmio Rio de Literatura. Participou da curadoria do Prêmio Cabíria em 2019, 2020 e 2021, e do 1º Edital Cardume Curtas. Atualmente, trabalha como roteirista freelancer. Seu projeto de série "Érika e o Leviatã" foi um dos cinco finalistas do concurso de roteiros do FRAPA 2021. Quatro Meninas é o seu primeiro longa-metragem, escrito em colaboração com Karen Suzane. Após passagem pelo laboratório Nicho 54, em 2020, o projeto foi selecionado pelo Hubert Bals Fund.

Em 2021, após a seleção do projeto no Hubert Bals Fund, Clara e Karen foram contempladas com um reconhecimento adicional do Projeto Paradiso no âmbito do programa Brasil no Mundo.