No âmbito do programa de estímulo à internacionalização do audiovisual brasileiro, o Projeto Paradiso apoia o filme “Casa de Antiguidades”, de João Paulo Miranda Maria, um dos 56 filmes selecionados para a 73ª edição do Festival de Cannes, em 2020.

Apesar de o evento físico ter sido cancelado, o Festival de Cannes deu seu “selo de aprovação” aos 56 longas que foram selecionados e que poderão ser exibidos em outros festivais. Entre os escolhidos, estão diretores como Spike Lee, Pete Docter e Wes Anderson.

“Casa de Antiguidades” é o primeiro longa-metragem de João Paulo Miranda Maria, que desenvolveu o roteiro na Residence de Cannes – Cinéfondation.Ele foi o único título brasileiro selecionado pelo festival neste ano.

Protagonizado por Antônio Pitanga, o filme é produzido pela brasileira BeBossa e pela francesa Maneki Films, coproduzido pelo Canal Brasil. Sua distribuição no Brasil será feita pela Pandora Filmes e a previsão de lançamento é para ainda este ano.